Lâmpadas para o quarto de um bebê: Como escolher?

Lâmpadas para o quarto de um bebê: Como escolher?

Quando um bebê está para nascer, antes mesmo do nascimento, os pais começam a preparar um quarto para o novo membro da família. Além dos elementos padrão de um enxoval, como berço, cadeira de balanço e trocador, vale a pena considerar o uso de produtos de iluminação adequados que não apenas facilitem os cuidados com o bebê, mas também sejam completamente seguros para o recém nascido.

Quais lâmpadas devem ir para o quarto do bebê e quais devem ser definitivamente evitadas? Como devem ser as lâmpadas seguras para crianças? 

Lâmpadas para o quarto das crianças: como um recém nascido vê?

O quarto da criança deve estar devidamente organizado para garantir o conforto da criança e dos pais. Vale a pena introduzir elementos de equipamentos e acessórios no interior, úteis nos cuidados diários e cuidados com o bebê. A iluminação bem planejada é extremamente importante. Por um lado, permite que os pais usem o quarto e, por outro, cria condições favoráveis ​​​​para um recém nascido.

Então, como deve ser a iluminação para não colocar a criança em risco? Antes de passarmos para a descrição das estruturas e enquadramentos práticos, vale a pena aprender um pouco mais sobre como um recém-nascido enxerga nos primeiros meses de vida. Isso ajudará você a escolher as soluções de iluminação certas e planejar adequadamente o espaço da casa.

Imediatamente após o nascimento, a criança consegue enxergar fora de foco e consegue enxergar no máximo dois objetos quando estão a cerca de 20 a 30 centímetros de distância. As crianças só distinguem entre cores contrastantes, como preto e branco, e cores intensas, especialmente amarelo e vermelho. O que é particularmente importante, no entanto, é que os recém nascidos que estão no útero da mãe há 9 meses são muito sensíveis à luz brilhante. Pode causar desconforto considerável, despertar medo e irritação e, em situações extremas, até prejudicar sua visão.

Por estas razões, a exposição da criança à luz forte deve ser limitada. Vale a pena introduzir persianas nas janelas próximas ao berço e não colocá-lo diretamente sob a lâmpada do teto.

Então, o que distingue uma boa iluminação para o quarto de uma criança?

Luminárias de suspensão, como um pendente bola de vidro transparente, por exemplo. Elas são funcionais e confortáveis.

As lâmpadas do bebê devem ser colocadas fora do alcance do recém nascido. Isso se aplica tanto à iluminação principal (lâmpadas de teto, luminárias suspensas) quanto a todas as outras fontes de luz na sala.

Com crianças um pouco mais velhas, vale a pena garantir que elas não tenham contato direto com equipamentos de iluminação que possam ser perigosos para elas. Vale sempre a pena escolher modelos comprovados, com certificados, de fabricantes conceituados.

Que luz as lâmpadas das crianças devem emitir?

Ao escolher a iluminação para o quarto de uma criança, não são apenas os modelos adequados de luminárias que contam, mas também a cor da luz. A base deve ser fontes de luz que emitem um feixe com parâmetros o mais próximo possível da luz solar. Não escolha lâmpadas de alta intensidade. Vale lembrar também de não usar iluminação artificial no quarto do recém-nascido desnecessariamente.

A iluminação para o quarto de uma criança (lâmpadas de parede, luminárias pendentes, luminárias de cabeceira) deve ser totalmente segura e bem planejada para garantir conforto e total segurança para a visão sensível do bebê. Por isso, vale a pena repensar todo o sistema com antecedência para escolher as soluções perfeitas e criar as condições ideais de desenvolvimento para o novo membro da família.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça um orçamento
Precisa de ajuda? Converse conosco